dezembro 2011

Brinquedo novo, felicidade certa!!

15 de dezembro de 2011
Em: Dicas e Novidades | 3 comentários

Estou feliz da vida como criança quando ganha um brinquedo novo.. kkkk

Mas nada de brinquedo isso aqui é trabalho, apesar que parece brinquedo porque o quão prazeroso, torna o trabalho um divertimento.

Hoje, depois de alguns dias anciosos a espera, recebi o DVD volume 9 da Ogna Rocha, rapaz, cheguei em casa cansadona, engoli a comida, reclamei porque ainda tinha que tomar banho (isso ia demorar mais ainda para eu assistir o dvd), mas tomei banho para relaxar e finalmente, click no controle e aaaaaaaahhhhhh que maravilhaaaaaa.. *-*

Meu DVD!! lalalala

Quero parabenizar a Ogna Rocha pelo belíssimo trabalho, como já havia dito, sou fã de seu trabalho e agora me torno mais admiradora pela forma que compartilha seu conhecimento nas técnicas de modelagem de bonecos realistas.

Quero também, por meio desse post, recomendar os dvd’s de Ogna Rocha, de grande qualidade, clareza na imagem, um áudio muito bom e principalmente muito bem explicado, com técnicas além das oferecidas no encarte.

Ainda, quero reinvidicar contra a pirataria, não gostaria que ninguém copiasse e vendesse meu trabalho tão cuidadosamente planejado, produzido. Sinceramente, até pensei em comprar umas cópias que facilmente encontramos por aí por qualquer R$ 30,00, ou então de graça, só levar a mídia virgem, até pensei em fazer isso, porque eu queria com urgência ter acesso a essa técnica, que vergonha de mim.

Mas eu pensei: Não esta correto eu fazer isso com Ogna Rocha e qualquer outra artesã, que assim como eu, não gostaria que meu trabalho fosse pirateado, me fazendo de lesada. E decidi: Vou valorizar a artesã, a profissional, o talento de uma pessoa que admiro, vou respeitar, como assim espero comigo.

E o gostinho é tão boooomm de receber algo tão bem produzido, uma capa linda, com os três DVD’s cada um no seu lugarzinho. Lindo. Quero outros volumes.

Agradeço a atenção e paciência carinhosa do Walter (secretário nas horas de folga e marido, sem folga da Olga) em responder meus e-mails e até dar aquela bronca no correio que atrasou minha entrega.. kkkkkkkkkk já estava morrendo de anciedade.. Obrigada Walter, valeu demais.

E agora estou aqui babando por meu brinquedo novo, e como criança sou capaz de dormir abraçada com ele.. kkkkkkkkkk

Ahh, quero deixar aqui a mensagem fantástica que tem na contra capa DO MEU DVD:

” É muito difícil conseguir um lugar ao sol…

Se procura aqui, se tenta dali.

Erra-se muito, se acerta pouco.

Muito esforço…

Qual o resultado?

Aquela sensação da esperança esvaziada.

Qual a fórmula?

A nossa, foi continuando…

Aprendendo…

Sonhando…

Trabalhando muito.

Muito!!!

Acreditando e respeitando a si próprio e ao próximo, mais ainda.”

Walter Rocha (secretário nas horas de folga e marido, sem folga).

;)

Agora dá licença que vou babar e Biscuitar com meu novo brinquedo.

Valeu Ogna Rocha!!!

Segue o site da Ogna vcs vão passar horas babando pelo trabalho dela: http://www.ognarocha.com/index.html

A evolução do biscuit.

1 de dezembro de 2011
Em: Minhas Histórias | 3 comentários

Galera!! Já perceberam a evolução da arte em Biscuit?

Percebe-se esta evolução começando pela massa que há alguns anos atrás era feita artesanalmente no fogão ou microondas de nossas casas. Diversas receitas anotadas no papel ou já em nossas mentes nos acompanhavam a cozinha assim como no mínimo cinco ingredientes.

Os ingredientes variavam conforme a receita, algumas com limão, outras com vinagre, mas a cola, vaselina líquida e o amido de milho não podiam faltar, cada um com seu papel químico na massa (ainda vou procurar saber quimicamente falando sobre o efeito desses ingredientes).

A minha esta na mente até agora, sem precisar de “cola”: Rsrsrsrs

Ingredientes para a massa feita em casa.

“2 xícaras de cola para porcelana fria, 1 amido de milho pequena, 1 colher de vinagre, 1 colher de vaselina líquida e creme para as mãos, após mexer os quatro primeiros ingredientes no fogo até descolar, aguardar a massa esfriar, e logo em seguida sovar com creme para as mãos até que a massa desgrude de sua mão. Embalar a massa em um saco plástico por 2 horas e em seguida trocar o plástico, aguardar 10 horas para poder trabalhar com a massa. Detalhe, não era qualquer panela não, tiinha que ser panela anti-aderente.”

Mais parecia uma receita de bolo, estranhava quem me presenciava cozinhando essa “gororoba”, e não era mole mexer a massa não, quem me conhece não acredita que meus bracinhos eram capazes dessa façanha.

Pois é, hoje, não vejo mais as biscuiteiras trocarem receitas de massa, e sim onde no mercado encontrar massa mais “barata”, com um valor menor.

Massa ponta.

Hoje, as massas existem em diversos fabricantes, são compradas em pacotes que variam de 200g a um quilo, tem um menor encolhimento, perfumadas, secagem mais rápida, comestíveis, tingidas, apesar de que ainda sou do tempo antigo neste quesito, tinjo a minha massa. Dentre outros benefícios que o capitalismo fez com a nossa arte.

E isso é bom? Eu adoro, pois realmente tempo é dinheiro. Além de perceber que nossa arte de modelar usando o biscuit esta cada vez sendo valorizada, sempre em evolução.

Não é a toa que sou adimiradora e apaixonada por essa massinha “massa”.